Treinamento Físico e Qualidade de Vida

Compartilhar

Treinamento Físico e Qualidade de Vida

Abril 10, 2018

Primeiramente, vamos definir treinamento físico. Para isto, vamos começar do mais simples: Atividade Física. Qualquer atividade que tenha um dispêndio energético acima do que teríamos em repouso pode ser considerada atividade física, ou seja, tomar banho, lavar o carro, limpar a casa, entre vários outros. São as atividades cotidianas que fazem parte do nosso dia a dia, porém, que pouco irão afetar o nosso corpo.

Exercício físico é o conjunto de movimentos que vão necessitar do corpo um gasto energético bem maior ao do gasto energético em repouso, tendo significativas alterações de frequência cardíaca e exigência muscular, ao ponto de causar efeitos no corpo durante e após o termino da prática. Podemos considerar uma prática de exercício físico, correr, nadar, uma partida de futebol, uma brincadeira de pega-pega entre outras.

Mas é importante ressaltar que somente a prática de exercícios físicos esporádicos, não vai trazer benefícios. Na verdade, o risco de um acidente ou a chance da pessoa ficar sentindo desconfortos musculares durante dias é grande, em alguns casos, num indivíduo despreparado e sedentário, que se exponha a uma prática de exercícios de intensidade muito alta ou acima da sua capacidade, esta questão é inevitável. Existe inclusive o risco de óbito.

Finamente, chegamos ao conceito de treinamento físico, que é o conjunto de exercícios sistematizados, feitos sob uma rotina e segundo um objetivo. Estes objetivos podem ser os mais diversos, sejam eles quanto a questões corpóreas, como o emagrecimento ou ganho de massa muscular ou quanto a desenvolvimento físico – como ganho de força, velocidade ou resistência; ou, também, pela questão do ganho de saúde e qualidade de vida.

Para conectar o treinamento à qualidade de vida, gostaria de antes definir dois conceitos muito utilizados para definir os treinamentos físicos: Fitness e Wellness. O termo “Fit” é definido por um indivíduo estar apto, condicionado fisicamente – conhecido informalmente no meio esportivo como “sarado”. Ou seja, são chamados Fitness os treinamentos ligados à busca do desenvolvimento físico e estético. Já o termo inglês “Well”, pode ser traduzido como bom ou bem, o que caracteriza o Wellness em práticas que visam ao bem-estar e saúde.

Aqui já fica fácil de perceber que o Treinamento de Qualidade de Vida é o Wellness. E sim, suas práticas podem ser Wellness e Fitness de forma simultânea, em uma atividade que melhora sua saúde, condicionamento físico e estética ao mesmo tempo. Pode ser somente Wellness, em práticas como a meditação, por exemplo. Mas cuidado se suas práticas são somente Fitness, onde a estética e a busca de um condicionamento físico sobrepõem o seu bem-estar e principalmente sua saúde. Em um país onde a expectativa de vida aumenta a cada dia, vale a pena investir na sua qualidade de vida, e o treinamento físico é um grande aliado nesta busca.